Merci d'etre parmis nous*Thank you for being among us* Gracias por estar entre nosotros*Obrigado por estar entre nós* Grazie per essere in mezzo a noi* Danke, dass Sie bei uns* Спасибо за то, что среди нас*Terima kasih kerana menjadi antara kita*私たちの間にいてくれてありがとう* شكرا لك لأنك بيننا
Google-Translate-ChineseGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish

sábado, 2 de janeiro de 2010

Literatura: algumas palavras...

Muitas foram às tentativas de definir o que é Literatura (do latim litteratura; originária , por sua vez, de littera: letra, sinal gráfico que representa, por escrito, os sons da linguagem). Desde a antiguidade, Platão estabeleceu que a arte literária consistia na ideia de mimese (imitação da realidade). O ato de criação através da palavra somente alcançou ´´status`` através de um dos seus principais discípulos: Aristóteles. O conceito de arte literária como uma forma de conhecimento foi difundida pelo maior teólogo da Igreja católica: São Tomás de Aquino. Explicações e enumerações que se perpetuaram até os nossos dias. Dentro deste contexto, fica claro que alguns elementos estão intimamente ligados, criando uma esfera atemporal: o artista, a linguagem e a representação da realidade.


Atualmente, o mundo privilegia a imagem e a rapidez das informações. As transformações sociais se processam, alterando consideravelmente a nossa vida cotidiana. É um equívoco pensar que não há espaço para a leitura e, em particular, para a Literatura. Não quero criar uma solução, muito menos um paliativo; só gostaria de chamar a atenção para uma forma especial de elaboração da linguagem. Através dela, verificaremos que a Literatura procura retratar o homem e seu mundo: seu ambiente, suas alegrias, emoções, angústias e aspirações. Em um dado momento, o ´´artista da palavra`` cria uma outra realidade, uma supra-realidade, um universo autônomo capaz de conduzir o leitor a mundos imagináveis, causando prazer aos sentidos...despertando a sensibilidade. Ela nos permite, através da interação, tomar contato com um vasto conjunto de experiências acumuladas pelo ser humano ao longo de sua trajetória, sem que seja preciso vivê-las novamente.


Desenvolver a capacidade de olhar para obras do passado, não com as cobranças da atualidade, mas com a vontade de descobrir a razão de as pessoas se comportarem de uma maneira que nos parece inexplicável, torna possível vislumbrar uma cenário maior em que o ´´artista da palavra`` não é o único a ´´ver`` o mundo de uma certa maneira e falar sobre coisas de uma certa forma.

Pensando nisto, resolvi criar um espaço para que sirva de reflexão; um convite a você, que privilegia o raciocínio, que se diverte, que gosta de descobrir coisas novas, que têm emoções, dúvidas, anseios, que, enfim, participa ativamente da sociedade numa contínua interação com os outros. Não se intimide ao dar uma opinião...porque tem opinião. A filosofia de vida de um povo depende da cultura. A arte é apenas um espelho de toda cultura em que está mergulhado o artista.

Este blog não obedece a nenhuma cronologia. Textos são transcritos, e comentados, desde a Literatura medieval até a contemporânea, em prosa e verso. De repente, quero contribuir para revelar vocações, despertar talentos através da análise e da interpretação, de tal forma que, pela simples leitura assimilativa e crítica, induza à compreensão da importância inestimável de cada escritor no seu tempo e em todos os tempos: a obra de arte é eterna.

3 comentários:

  1. Enhorabuena por tu blog,te sigo y lo comparto con mis amigos y conocidos en España.

    Saludos

    ResponderExcluir
  2. Primeiramente boa tarde, não costumo fazer comentários em blogs que visito, mas me sinto honrado em ter encontrado seu trabalho em minha pesquisa, informações bem elaboradas que expressam todo o valor e respeito que deve-se ter por esta arte tão fantastica que a literatura é, fico feliz pois apesar de me sentir solitário em minha visão de mundo, quando encontro alguem que como eu tenta ver o mundo, a realidade, a existência de uma maneira singular, me faz acreditar que se podermos sair deste lamaçal de ignorância em que a sociedade esta, ainda existe esperança para melhoras significativas, o meu muito obrigado de coração por este blog e continue assim!

    ResponderExcluir